Caso Juliane

O sindicato segue na luta em defesa da trabalhadora ameaçada de exoneração. Em publicação especial, faz retrospectiva do caso e defende mudança nos critérios de avaliação do estágio probatório. Expõe também uma síntese dos problemas encontrados no relatório que reprovou a trabalhadora. Categoria quer reverter o destino de Juliane entre os membros do Conselho Universitário (CUn), que deverá julgar o recurso feito pelo advogado dela. Clique aqui e leia a íntegra do Informativo Especial.

Eu sou a UFSC

mariadefatima

Maria de Fátima Pires

Maria de Fátima Pires, 53 anos de idade, nasceu na cidade de Braço do Norte, região sul do Estado. Filha de florianopolitanos, com 9 anos se mudou + Mais

Vida nova na UFSC

eduardo

Eduardo de Almeida Isoppo

Eduardo de Almeida Isoppo saiu de Criciúma aos 18 anos de idade e prestou vestibular para o curso de Física, na UFSC. Passou, em 2001, e frequenta a + Mais
Sintufsc

sintufsc © todos os direitos reservados

Siga-nos:
Agência WEBi