24/07/2018

Direção questiona administração em processo de estágio probatório

Nesta terça-feira (24/7) pela manhã a trabalhadora técnico-administrativa da Universidade que acabou reprovada em seu processo de avaliação do estágio probatório foi comunicada oficialmente pela pró-reitoria de gestão de pessoas da decisão da administração em manter o parecer da comissão. Foi dado um prazo de dez dias para que a trabalhadora tome as providências para encaminhar o recurso ao membros do Conselho Universitário. Na primeira semana do mês de junho, em reunião no gabinete do reitor, a administração recuou da decisão de publicar a exoneração da servidora antes de uma análise final pelo CUn. O coordenador geral do SINTUFSC, Celso Ramos Martins questionou a decisão lembrando que, na oportunidade, o então reitor pro-tempore Ubaldo Cezar Balthazar informou que a própria administração encaminharia o processo para análise do Conselho. “Com a palavra, a administração da Universidade”, disse Martins.

Em entrevista coletiva na tarde desta terça-feira o professor Ubaldo, que já foi nomeado reitor através de ato publicado no Diário Oficial, fez uma apresentação aos jornalistas e membros da gestão sobre o plano de ação para os próximos quatro anos. A posse oficial acontece na próxima sexta-feira (27/7) às 11 horas no gabinete do ministro da Educação, em Brasília. Acompanhado da vice-reitora Alacoque Erdmann, o reitor respondeu a perguntas, entre elas sobre os reflexos das operações da Polícia Federal na Universidade, que provocaram uma queda na auto estima da comunidade universitária. Segundo ele, seu objetivo é corrigir irregularidades existentes por considerar não ser apropriado falar em ilegalidades. O reitor explicou que a nova gestão vai dar ênfase às ações de transparência como estratégia para evitar “fofocas, maledicências e diz que diz”. Para isso, diz que será criado um Portal da Transparência UFSC.

Questionado sobre a relação da nova gestão com os trabalhadores técnico-administrativos da UFSC, garantiu que vai manter uma postura de diálogo com as pessoas e que pretende manter a relação institucional através do sindicato da categoria. Quanto ao estágio probatório, observou que as regras em vigor devem ser respeitadas e que é preciso levar em conta as normas federais que tratam da avaliação para o estabelecimento de uma nova resolução sobre o assunto no âmbito da UFSC.

Clique aqui e ouça a fala do reitor

Outras notícias

Eu sou a UFSC

abilio

Abílio Neves de Anselmo

Abílio Neves de Anselmo, nasceu em Florianópolis em uma época onde a capital era mais tranquila e simples. Cresceu no bairro Pantanal, ao lado da u + Mais

Vida nova na UFSC

vanessa

Vanessa Livramento

Vanessa Livramento é natural de Florianópolis e moradora de São José. Apesar de ser formada em administração pela UFSC, entrou no concurso para + Mais
Sintufsc

sintufsc © todos os direitos reservados

Siga-nos:
Agência WEBi