05/06/2018

Sindicato diz que não desconto de faltas é questão de bom senso

Através de memorando circular encaminhado a todas as unidades administrativas e centros de ensino da Universidade, a administração central da UFSC confirmou no início da semana que não haverá desconto pelas faltas havidas na semana passada em função da greve dos caminhoneiros.  Segundo o documento, no campo apropriado o trabalhador deverá atribuir a justificativa para as eventuais ausências nos dias 28, 29 e 30 de maio de 2018. O coordenador de assuntos jurídicos do sindicato, Cláudio Silvano, participou do Comitê Emergencial, criado para acompanhar os reflexos da paralisação dos caminhoneiros na comunidade universitária.

Silvano relatou aos membros do Comitê a preocupação de alguns trabalhadores técnico-administrativos que estavam enfrentando dificuldades em comparecer ao campus em função dos efeitos da falta de combustível no transporte público da Capital e sofrendo pressão por parte de suas chefias. Ele elogiou a postura da administração por considerá-la de bom senso. Na reunião da semana passada a pró-reitora de gestão de pessoas, Carla Búrigo, já havia informado a decisão da Reitoria ao representante do SINTUFSC e demais integrantes do grupo.

Clique aqui e leia a íntegra do documento

Outras notícias

Eu sou a UFSC

nazareno

Nasareno Roberto D`Acampora Sucupira

Nasareno Roberto D`Acampora Sucupira, 63 anos de idade, é natural de Florianópolis. Nascido em 1950, em uma família grande, se criou no Jardim Atl + Mais

Vida nova na UFSC

jonas

Jonas Goldoni

Jonas Goldoni, 29 anos de idade, é natural de Foz do Iguaçu onde viveu a infância e adolescência. É filho de barrageiro. “Meu pai foi morar + Mais
Sintufsc

sintufsc © todos os direitos reservados

Siga-nos:
Agência WEBi