01/12/2017

Reforma da Previdência pode não ir à votação este ano

A imprensa do País vem dando como favas contadas a falta de apoio ao projeto de reforma da Previdência em discussão na Câmara dos Deputados. O calendário previa que a reforma seria colocada em plenário para votação no dia 6 de dezembro, quarta-feira da semana que vem. Os trabalhadores aprovaram uma Greve Geral para parar o País na terça-feira (5) véspera da provável data da votação do projeto.

Diante das dificuldades em obter os 308 votos exigidos para aprovar a reforma da Previdência e do prazo apertado para votar as medidas de ajuste fiscal no Congresso, o governo Temer teria decidido momentaneamente não trabalhar com data para colocar em votação a proposta. Na quinta-feira (30/11), o presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia, teria admitido que os defensores da reforma da Previdência estão “muito longe” dos votos necessários para a aprovação.

Em setembro do ano passado, o coordenador geral do SINTUFSC, Celso Ramos Martins, já previa que não haveria condições da reforma previdenciária ser aprovada ainda durante o Governo Temer. A fala do coordenador ocorreu durante o Programa Ciência Notícia, exibido na TV UFSC em 2016, abordando o Ensino público sob o comando do governo Temer (clique aqui e confira o vídeo).

Para ele, apesar das dificuldades do Planalto em obter os votos necessários, é preciso que os trabalhadores continuem mobilizados e atentos, mantendo o cronograma de manifestações e fortalecendo a luta em 2018 para evitar que o projeto seja aprovado como quer o Governo.

Confira: OESP e O Globo

Outras notícias

Eu sou a UFSC

otavio

Otávio Pereira

Otávio Pereira, 49 anos, é natural de Florianópolis, nascido e criado no Morro da Descoberta.Teve uma infância de muita dificuldade. Irmão mais n + Mais

Vida nova na UFSC

vanessaclasen

Vanessa Clasen de Souza Alves

Vanessa é assistente em administração e trabalha no CAL – Centro de Ciência e Tecnologia de Alimentos, vinculado ao CCA – Centro de Ciências + Mais
Sintufsc

sintufsc © todos os direitos reservados

Siga-nos:
Agência WEBi