24/03/2017

UFSC vai ouvir comissão no processo contra servidor ameaçado de exoneração

A área de pessoal da administração central da UFSC recebeu na tarde desta sexta-feira (24/3) a comissão montada pelo SINTUFSC para acompanhar o processo movido pela gestão anterior da Universidade contra o trabalhador técnico-administrativo em educação Daniel Dambrowski, ameaçado de exoneração. A pró-reitora de gestão de pessoas da Universidade, Carla Búrigo, prestou uma série de esclarecimentos aos membros da comissão, que questionam diversos pontos do processo que tramitou na área de pessoal da universidade sem direito à ampla defesa por parte do servidor.

Ela informou que está aguardando o parecer da área técnica e abriu a possibilidade de os membros da comissão montada pela categoria encaminharem, a título de contribuição, seu ponto de vista em relação ao processo. Ressaltou que vai preservar a autonomia dos técnicos da Prodegesp e disse que vai acolher o parecer da comissão a título de contribuição para a análise que está em curso. A pró-reitora esteve na reunião acompanhada pelos gestores das áreas de desenvolvimento de pessoas e de estágio probatório. Carla Búrigo garantiu que após a conclusão do parecer e antes de encaminhar o processo ao reitor pretende chamar mais uma vez a comissão para prestar novas informações.

Segundo ela, os técnicos gozam de sua total confiança e eles estão analisando o andamento do processo para conferir tecnicamente cada avaliação feita anteriormente e que concluiu pela exoneração do servidor, que estava em estágio probatório. Carla Búrigo ressaltou que está dando total liberdade para que os técnicos façam a análise do processo e que concluam um parecer técnico a ser encaminhado a ela para tomar as providências, a serem encaminhadas ao reitor Luiz Cancellier, a quem cabe a tomada de decisão.

Reuniao_Daniel

Outras notícias

Eu sou a UFSC

vanderlei

Vanderlei Oscar do Espírito Santo

Vanderlei Oscar do Espírito Santo, 53 anos, é natural de Florianópolis e passou a infância e adolescência na Pinheira. Seu pai era pescador e sua + Mais

Vida nova na UFSC

ndi

As pioneiras no NDI

Dalanea Cristina Flor, 36 anos, é formada em pedagogia, possui graduação e mestrado pela UFSC. Trabalhava na escola do Hospital Universitário e fe + Mais
Sintufsc

sintufsc © todos os direitos reservados

Siga-nos:
Agência WEBi