20/03/2017

Contra ataques a direitos, trabalhadores fazem nova mobilização no aeroporto da Capital

Representantes das diversas entidades que fazem parte do Fórum Catarinense em Defesa dos Direitos retomaram na tarde desta segunda-feira (20/03), no saguão do aeroporto Hercílio Luz, em Florianópolis, a estratégia de distribuir material de campanha e usar faixas contra os projetos que retiram direitos dos trabalhadores e que estão em tramitação no Congresso Nacional.

Como para amanhã (21) está pautado na Câmara dos deputados o PL 4302/98 da terceirização e da reforma trabalhista, haverá nova mobilização no horário de embarque no final da madrugada.  “A atividade continua às 6 horas (seis da manhã) e quem puder estar no aeroporto Hercílio Luz, será importante contar como apoio de todos. Quem precisar de carona estaremos saindo da sede do SINTUFSC às 5h30″, disse Dilton Mota Rufino, da direção do sindicato.

A iniciativa é uma forma de pressionar os parlamentares federais que costumam embarcar para Brasília no inicio da semana, além de  explicar os prejuízos das medidas aos passageiros dos vôos no início da manhã com destino a outras Capitais e destinos do País.

Conforme Dilton Rufino, ao ser perguntado se iria votar com os trabalhadores e contra a reforma trabalhista, o senador Paulo Bauer, de Santa Catarina, respondeu: “Não, não vou votar com vocês, assim como vocês não votaram em mim”.

Outras notícias

Eu sou a UFSC

Jpeg

Atayde Ratti

Atayde Antônio Ratti, este trabalhador da UFSC de 58 anos é formado em Agronomia na própria universidade em 1987, de onde saiu para seu primeiro em + Mais

Vida nova na UFSC

ndi

As pioneiras no NDI

Dalanea Cristina Flor, 36 anos, é formada em pedagogia, possui graduação e mestrado pela UFSC. Trabalhava na escola do Hospital Universitário e fe + Mais
Sintufsc

sintufsc © todos os direitos reservados

Siga-nos:
Agência WEBi