04/01/2017

Comissão das 30 horas reforça importância da participação de todos

A Comissão Permanente de acompanhamento das 30 horas esteve reunida na manhã desta quarta-feira (04/01) para a continuidade dos trabalhos, quando reforçou a importância da participação de todos no diagnóstico a ser feito nas unidades acadêmicas e administrativas para embasar a decisão da Reitoria da UFSC em implementar a jornada diferenciada de trabalho no âmbito da universidade. As cinco titulares da comissão manifestaram preocupação com o fato de que após encerrado o prazo para a composição das comissões setoriais, no último dia 31 de dezembro, nem todas publicaram a portaria.

Segundo elas, os trabalhadores destas unidades correm o risco de ficar de fora caso não sejam formalizadas as comissões setoriais. Teresinha Ceccato, da direção do SINTUFSC e integrante da Comissão, ressaltou que o prazo de três meses para a conclusão dos relatórios  após a publicação da portaria já começou a correr e as setoriais que forem montadas depois terão menos tempo para fazer sua análise.

Segundo ela, tanto o sindicato quanto o grupo farão a cobrança aos responsáveis pelas unidades. “Trata-se de uma luta importante e histórica para todos os técnicos da universidade e não podemos ficar esperando pela boa vontade de alguns. A maioria já está em pleno desenvolvimento da análise”, reforçou Teresinha. Segundo ela, o trabalho deve ser feito dentro das diretrizes encaminhadas pela Comissão, montada no final de outubro passado. Até o final desta manhã, 25 unidades acadêmicas e administrativas relacionadas pela Comissão já haviam atendido ao pedido.

Além dos campi de Araranguá, Blumenau, Curitibanos e Joinville, já foram nomeadas as comissões do CCA, CCB, CCE, CCJ, CED, CFH, CSE, CTC, GR (Museu, Editora, BU, UFSCTV, Agecom, CRFP e Adm.), PRAE, PROAD, PROEX, PROGRAD, PROPESQ, PROPG, PRODEGESP, SAAD, SEAD, SEOMA (DPAE, DFO, DMPI), SEAI e SECARTE.

 

Jpeg

 

Outras notícias

Eu sou a UFSC

alex

Alex Martins

Alex Martins é nativo de Florianópolis e desde o dia 13 de setembro de 1979 trabalha na Universidade Federal de Santa Catarina. São 30 anos de dedi + Mais

Vida nova na UFSC

alan

Alan Lopes dos Santos

Alan Lopes dos Santos nasceu em Itajaí mas sempre residiu no município de Governador Celso Ramos. Pelo fato do pai ser trabalhador da pesca Alan mor + Mais
Sintufsc

sintufsc © todos os direitos reservados

Siga-nos:
Agência WEBi