05/12/2016

Administração encaminha ofício sobre desconto dos dias parados

Greve UFSC 2016O SINTUFSC recebeu na manhã desta segunda-feira (5/12) o ofício da Pró-Reitoria de Desenvolvimento e Gestão de Pessoas (Prodegesp/UFSC), pelo qual a Administração informa sobre a orientação do Governo Federal de proceder o corte do ponto dos trabalhadores em greve nas universidades públicas do País e descontar os dias parados. O documento faz referência à mensagem nº 557862 (Comunica/SIAPE), quanto à constitucionalidade do desconto conforme recente decisão do Supremo Tribunal Federal.

A Administração informa que “está consultando a Procuradoria Geral Federal quanto aos procedimentos a serem adotados”. Diante desta situação, o Comando Local de Greve dos técnicos da UFSC convidou o reitor Luiz Cancellier para participar da reunião amanhã pela manhã para prestar mais esclarecimentos. A reunião está marcada para às 10 horas e está prevista para ocorrer na antessala do auditório do prédio I da Reitoria.

A Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes) reagiu pregando o acordo pela reposição dos dias parados e o respeito à autonomia universitária, apresentando as razões para não efetivarem o desconto no mês de dezembro. O documento da Andifes, com data desta segunda (5) é endereçado ao ministro da Educação, Mendonça Bezerra Filho e assinado pela presidente da Andifes, Ângela Maria Paiva Cruz, reitora da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN).

Os reitores ressaltam aos integrantes do Governo Federal a impossibilidade cumprir a orientação encaminhada aos gestores de pessoal das universidades federais, em especial no mês de dezembro. Os dirigentes das universidades ponderam as questões de uniformização de procedimentos e o entendimento do Judiciário no sentido de que os descontos devam ser feitos de forma parcelada, uma vez que os salários têm natureza alimentar.

“Ao mesmo tempo, reforçamos também a disposição dos dirigentes em operacionalizar celeremente eventuais acordos entre o governo e entidades sindicais para a compensação dos dias de greve, diante da expectativa de seu breve encerramento, reafirmando o compromisso dos reitores e reitoras com a legalidade e a defesa do preceito constitucional da autonomia universitária”, finalizam os membros da Andifes.

Clique aqui e leia a íntegra do ofício encaminhado pela Reitoria

Clique aqui e leia a íntegra do documento da Andifes

Outras notícias

Eu sou a UFSC

mariadefatima

Maria de Fátima Pires

Maria de Fátima Pires, 53 anos de idade, nasceu na cidade de Braço do Norte, região sul do Estado. Filha de florianopolitanos, com 9 anos se mudou + Mais

Vida nova na UFSC

alan

Alan Lopes dos Santos

Alan Lopes dos Santos nasceu em Itajaí mas sempre residiu no município de Governador Celso Ramos. Pelo fato do pai ser trabalhador da pesca Alan mor + Mais
Sintufsc

sintufsc © todos os direitos reservados

Siga-nos:
Agência WEBi