05/09/2020

NENHUMA REIVINDICAÇÃO FOI ATENDIDA

pAUTA hU SEM RESPOSTA

No Hospital Universitário Polydoro Ernani de São Thiago (HU-UFSC), onde um em cada quatro profissionais testados pegou Covid-19, nenhuma das cinco reivindicações dos trabalhadores apresentadas há mais de um mês ao reitor Ubaldo Cézar Balthazar e a Superintendente do Hospital, Maria de Lourdes Rovaris, foi atendida.

O coordenador geral do Sintufsc, Humberto Martins, lamenta que “apesar de mais de um mês de espera, na prática, nada mudou no HU. Mesmo com um índice de 25% de contaminados entre os profissionais testados no Hospital, nem a direção do HU, nem a reitoria faz autocrítica de erros eventuais. Sequer as nossas indicações para a Comissão de Monitoramento criada pelo CUn foi antedida. Os trabalhadores se arriscam diariamente para salvar vidas, mas não têm voz na instituição”.

No dia 29 de julho, as reivindicações foram formalmente encaminhadas pela diretoria do Sintufsc à Reitoria e à Superintendência conforme solicitado na audiência pública (27/07) onde a pauta foi primeiro apresentada.

Seguem abaixo a pauta de reivindicações e a reprodução do ofício encaminhado pelo Sintufsc:

1. Que os trabalhadores possam escolher os membros da Comissão de Monitoramento e Acompanhamento das Condições de Trabalho no HU que deve ser criada pela PRODEGESP conforme determinação da resolução 140/2020 do Conselho Universitário.
2. Firmar o compromisso de colocar à apreciação pública os relatórios acerca do contrato com a EBSERH e aditivos.
3. Em médio prazo, garantir espaço de atendimento da PRODEGESP, dentro do HU, a exemplo do que já existiu na instituição com o antigo DAP.
4. Garantir testagem periódica de 100% dos profissionais do HU, independentemente do local de trabalho e isolamento imediato das equipes que tiveram diagnosticados por Covid-19.
5. Encerrar as pendências de Equipamentos de Proteção Individual no HU.

ofc1

ofc2

Outras notícias

Eu sou a UFSC

Vida nova na UFSC

Sintufsc

sintufsc © todos os direitos reservados

Siga-nos:
Agência WEBi