29/07/2020

MAIS UMA VEZ, TAES COBRAM DIREÇÃO DO HU E REITORIA

hu5

Ao final da audiência pública organizada pela diretoria do Sintufsc na última segunda-feira (27/07), trabalhadoras e trabalhadores do Hospital Universitário Polydoro Ernani de São Thiago (HU) e de outros setores da UFSC apresentaram cinco demandas ao reitor Ubaldo Cézar Balthasar e à superintendente do HU, Maria de Lourdes Rovaris.

1.Garantir a participação de representantes da categoria na “comissão de acompanhamento da situação dos trabalhadores” do HU mencionada no inciso XI do artigo 4º da Resolução 140/2020 do Conselho Universitário.

2. Publicar os relatórios acerca do contrato com a EBSERH e seus aditivos para facilitar o acompanhamento por parte dos trabalhadores e entidades representativas;

3. Garantir em médio prazo, espaço de atendimento da PRODEGESP no HU, nos moldes do antigo DAP;

4. Garantir testagem para 100% dos profissionais do HU, independentemente do setor de trabalho, e isolamentos imediatos das equipes que tiveram contato com colegas infectados pelo covid-19;

5. Encerrar as pendências de EPIs no HU.

Durante a audiência, a superintendente não reconheceu qualquer erro ou engano e se limitou a justificar as ações da gestão. Já o reitor, não assumiu qualquer compromisso que apontasse a resolução das questões trazidas pela categoria. Mesmo assim, ficou acertado que as demandas fossem encaminhadas formalmente para que a administração central da universidade se posicionasse oficialmente.

A diretoria do Sintufsc vai continuar divulgando as denúncias de falta de condições de trabalho que chegam ao Sindicato e também cobrar uma resposta final da reitoria em relação às demandas apresentadas na audiência.

Outras notícias

Eu sou a UFSC

Vida nova na UFSC

Sintufsc

sintufsc © todos os direitos reservados

Siga-nos:
Agência WEBi