15/05/2020

SINTUFSC IMPEDE DESCONTO DE BENEFÍCIOS REFERENTES A MARÇO E ABRIL

Na noite de ontem (14/05), a Justiça Federal decidiu atender ao pedido de tutela de urgência dos advogados do Sintufsc e impediu a UFSC de descontar dos trabalhadores da universidade os valores referentes às rubricas auxílio-transporte, adicional de insalubridade, adicional de irradiação ionizante, adicional de periculosidade e gratificação de raio-x pagos em março e abril deste ano.

A UFSC se preparava para fazer o desconto dos valores em parcela única na folha de maio que será paga no início de junho, mas foi impedida pela ação do sindicato. De acordo com a coordenadora de Comunicação do Sintufsc, Karine Kerr, “a direção do Sintufsc está constantemente questionando as ações da gestão da universidade em relação aos técnicos-administrativos, sempre abertos à uma discussão conjunta, mas simplesmente somos ignorados. Estamos atentos às movimentações da Reitoria e fazendo o possível para minimizar os impactos que a aplicação da IN 28 causará na vida das trabalhadoras e trabalhadores da UFSC”.

Apesar de favorável, a decisão do juiz substituto da 3ª Vara Federal de Florianópolis, Diógenes Tarcísio Marcelino Teixeira, não define se os valores dos benefícios devem ser devolvidos ou não à universidade, apenas suspende a possibilidade do desconto até que haja uma decisão definitiva da justiça sobre o assunto e garante o direito dos trabalhadores se defenderem.

Outras notícias

Eu sou a UFSC

Jpeg

Atayde Ratti

Atayde Antônio Ratti, este trabalhador da UFSC de 58 anos é formado em Agronomia na própria universidade em 1987, de onde saiu para seu primeiro em + Mais

Vida nova na UFSC

juliane

Juliane S. da Silva

Natural de Santa Maria (RS), Juliane S. da Silva, veio para Florianópolis aos seis anos de idade para morar com a avó que morava na região central + Mais
Sintufsc

sintufsc © todos os direitos reservados

Siga-nos:
Agência WEBi