17/03/2020

REITORIA FAZ CIRCULAR ORIENTANDO CHEFIAS

Screenshot_20200317_142601

Em virtude das portarias lançadas pela reitoria da UFSC na noite de segunda-feira (16/03) que determinaram o “teletrabalho” como regra geral, salvo para aqueles que permanecerão prestando serviços indispensáveis ou que serão liberados por fazerem parte de grupos de risco, a diretoria do Sintufsc suspendeu a assembleia desta terça-feira (17/03).

Em reunião na manhã de hoje com a diretoria do Sintufsc, o reitor Ubaldo Cézar Balthazar, a pró-reitora Carla Búrigo e o chefe de gabinete Áureo Mafra de Moraes se comprometeram a lançar, até o final do dia, uma circular orientando as chefias que as portarias precisam ser entendidas como um esforço de minimizar ao máximo possível qualquer contato interpessoal e mesmo o compartilhamento de ferramentas de trabalho com o objetivo de impedir a contaminação pelo coronavírus.

Foi reiterada a preocupação do Sindicato com os TAEs que permanecerão de alguma maneira tendo que comparecer à universidade e a reitoria disse que já determinou a compra de álcool gel e vai adotar outras medidas para garantir a segurança sanitária desses colegas.

A diretoria do Sintufsc ainda aguarda a portaria que está sendo elaborada especificamente para trabalhadoras e trabalhadores do Hospital Universitário que estão linha de frente do combate ao coronavírus, mas desde já cobrou da reitoria que sejam feitos todos os esforços necessários para oferecer as melhores condições de trabalho com a finalidade de garantir a não contaminação das equipes de saúde.

A diretoria cobrou ainda a liberação das trabalhadoras e trabalhadores terceirizados e de acordo com a reitoria, o responsável pela gestão dos contratos estava reunido com as empresas naquele momento para definir o que será feito.

De acordo Renato Milis, diretor do Sintufsc, “todos aqui no sindicato estão atentos à aplicação das portarias que já saíram e a divulgação de novas diretivas por parte da universidade para intervir em defesa dos interesses da categoria sempre que for necessário”.

Outras notícias

Eu sou a UFSC

dico

Osvaldo Gonçalves

Figura conhecida em muitos setores da universidade, Osvaldo Gonçalves, com seus 70 anos de idade, reflete humildade e simpatia em suas palavras. Nasc + Mais

Vida nova na UFSC

andreia

Andreia dos Santos Farias

Andreia dos Santos Farias, 31 anos de idade, é natural de Irati, interior do Paraná. Teve uma infância tranquila, brincando, indo à escola, estuda + Mais
Sintufsc

sintufsc © todos os direitos reservados

Siga-nos:
Agência WEBi