03/02/2020

CRESCE MOBILIZAÇÃO PELAS 30 HORAS PARA TODOS OS SETORES

Nesta segunda-feira (03/02), as técnicas e os técnicos-administrativos (TAEs) da UFSC fizeram novo ato no gabinete da reitoria em defesa das 30 horas para todos os setores da UFSC, pelo boicote aos testes do ponto eletrônico e alertaram, mais uma vez, sobre os prejuízos da redução do horário de atendimento para a população.

Cartazes e Faixas 030220

Cartazes e faixas de protesto (foto acima), entre eles uma charge (imagem abaixo), foram fixados no hall da reitoria 1. De acordo com a diretora do Sintufsc Karine Kerr, “eles servem para que o reitor e os assessores dele vejam todos os dias o tamanho do retrocesso que essa gestão representa não só para as trabalhadoras e trabalhadores, mas para toda a comunidade universitária”.

UFSC reitor pro reitora Sintufsc

Vários TAEs, presentes no ato, manifestaram preocupação em relação aos problemas gerados pela redução do atendimento com destaque para os setores que fazem atendimento de crianças e bebês a partir das 7h30 da manhã. Outros trouxeram exemplos de instituições públicas de ensino que praticam 30 horas em todos os setores.

Um documento elaborado a partir de consulta às comissões setoriais de flexibilização que enumera os benefícios da jornada de 30 horas para os serviços oferecidos pela universidade foi entregue à vice-reitora Alacoque Erdmann. Veja o documento protocolado na reitoria clicando abaixo.

OFÍCIO REITORIA 030220

Outras notícias

Eu sou a UFSC

Jpeg

Atayde Ratti

Atayde Antônio Ratti, este trabalhador da UFSC de 58 anos é formado em Agronomia na própria universidade em 1987, de onde saiu para seu primeiro em + Mais

Vida nova na UFSC

juliane

Juliane S. da Silva

Natural de Santa Maria (RS), Juliane S. da Silva, veio para Florianópolis aos seis anos de idade para morar com a avó que morava na região central + Mais
Sintufsc

sintufsc © todos os direitos reservados

Siga-nos:
Agência WEBi